ABIMCI - Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente

Estrutura do Programa

Apresentamos abaixo resumidamente os passos necessários para obter a certificação CE:

Certificação CE marking Nível 4 – Não Estrutural

1. Possuir um sistema de controle de qualidade (PNQM);

2. Realização de ensaios iniciais (ITT) -12 chapas (pode ser em laboratório acreditado na própria empresa);

3. Realização de ensaios periódicos de controle da produção de fábrica (FPC) – 2 chapas /mês (pode ser em laboratório acreditado na própria empresa);

4. Ser auditado semestralmente e somente após toda esta verificação é emitido uma Declaração de cumprimento aos requisitos da Certificação CE Nível 4, de responsabilidade da ABIMCI.

Certificação CE marking Nível 2+ – Estrutural

1.   Possuir um sistema de controle de qualidade (PNQM);

2.   Realização de ensaios iniciais (ITT) – 44 chapas (12 painéis de acordo com a EN série 300, os quais  podem ser ensaiados em laboratório interno da fábrica acreditado pelo PNQM + 32 painéis de acordo com a EN 789, a serem ensaiados em laboratório terceirizado acreditado pelo PNQM);

3.   Realização de ensaios periódicos de controle de produção de fábrica (FPC) – 1 chapa a cada 8 horas ou 1 chapa a cada 1.000 produzidas, (pode ser em laboratório interno da fábrica acreditado pelo PNQM);

4.   Ser auditado semestralmente e somente após toda esta verificação é emitido Certificado CE 2+ pela BM Trada (certificadora inglesa).

Os procedimentos para obtenção da Certificação CE 2+ são mais sistemáticos e mais detalhados e devido a isso a ABIMCI vem colaborando com algumas associadas para atender as exigências do Mercado Europeu, para o compensado estrutural no nível 2+, através da intermediação aprovada entre as empresas e a Certificadora inglesa BM TRADA.

A associação está preparada para cumprir todos os requisitos, procedimentos e documentos necessários dessa certificação, o que facilita o processo e diminui os custos da Empresa diante o agente certificador europeu.

Voltar ao topo